Site de Poesias

Menu

Fingimento

  
Nunca fui poeta,
fingi que era para sobreviver,
existe alguma forma mais bonita
de enganar a si mesmo,
brincar de ser profeta,
ser feliz,  viver?
Errei ?
Sem a menor falsidade,
tenho certeza
de que nunca  enganei
os amigos
por maldade,
eles fingiram
gostar dos meus versos
por solidariedade.
Ivone Boechat

Compartilhar
Ivone Boechat
16/06/2012

  • 3 comentários
  • 65 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados