Site de Poesias

Menu

Ao meu primeiro namorado

 Palavras me faltam para expressar
Até porque você não me deixa chegar
E, mesmo tentando disfarçar
Não podemos evitar, nossos olhos cruzar
 
É uma sensação estranha não saber
Se em você encontro ou não querer
Pelo seu jeito assim de ser
Fechado, e parecendo não querer parecer
 
E eu fico tentando decifrar, esperando talvez sorrir
Em resposta a um sorriso seu, mas não quero me iludir
Já que meu coração, cansado de chorar e querendo fugir
Não consegue evitar, ao olhar pra você pretende mentir
 
Mentiras não conseguem sustentar em mim um sentimento
Que em meu peito, a cada dia, sem resposta, vai crescendo
Sem resposta de sua boca; pois em seus olhos percebo
A cada vez que cruza com os meus, algo suspeito
 
Mas a sua timidez  não deixa seus desejos demonstrar
Timidez? Eu também tenho. Mas não dá pra comparar
Seu papel, homem, atrás disso fica a se esconder
Pra mim é só disfarce,  medo de poder perder
 
E por isso tudo o que eu queria era conseguir
Que você tomasse coragem e chegasse a pedir
Sem a intercessão de ninguém, em qualquer momento
Ai sim, iria me apaixonar; e poderia então ser perfeito.
 
Para Gabriel F A, meu primeiro namorado
de sua impaciente primeira namorada,
em 23 de junho de 2005.

Compartilhar
Tonacio
31/05/2012