Site de Poesias

Menu

Sem título

Eu te quero com a força de um raio, 
com a serenidade de uma criança que dorme,
com veias, carne e coração.
Te quero assim, e já não quero mais.
Te esqueço num canto qualquer,
e quando penso que já passou,
você me invade em um sonho,
em um pensamento que vagava,
e por um simples descuido, 
toma conta do meu ser.
 

Compartilhar
Lílian Terra
28/05/2012

  • 0 comentários
  • 58 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados