Site de Poesias

Menu

O meu amor eu vi na praça - Soneto

O meu amor eu vi na praça

Em um banquete sentada

Pernas cruzadas, bem educada

Vê-la é uma desgraça

 

Pois este dia passa

E ela é bem falada

Estava tão bela parada

Podia convida-la para tomar-mos ao menos uma taça

 

Não sei se encontra-la amanhã vou

Por aqui a vou esperar

Ancioso estou

 

Para com ela me encontrar

Pobre sei que sou

Mas sem ela não posso ficar.

Compartilhar
Pedro Martins Passarelli Manso
26/05/2012

  • 0 comentários
  • 109 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados