Sem Direção

Viajo sem direção

Nada é normal

Tropeço sem cair

Pois não há chão

 

Andei demais

Nem conheci

O que passou, passou

Não voltará

 

Tudo é tão igual

Que me confunde

Tenho que achar respostas

Não sei aonde

 

Perdido dentro de mim

Quero sair

As portas estão trancadas

Com voltas sem fim

Vitório Albuquerque
© Todos os direitos reservados