Site de Poesias

Menu

A Luz da Crucificação

 A luz conhecida com segurança, retira quantidades impressionantes de sangue das pessoas.

A alinça em nome de Deus, desaparece sem qualquer resistência. Tornando-se carne e sangue sob o sinal de um carrilhão!

As luzes das lâmpadas se escurecem uma por uma, com as bençãos que vem com ele. O filho escolhido de Deus, no momento em que se oferece. Certamente, neste momento.

Lúcifer dos tempos antigos que está nas sombras escarlates, do certo e errado.

A ovelha caída que, perdeu os olhos, com inconstáveis agulhadas cinzas em forma de cruzes. O batismo tingido de vermelho, a luz da crucificação.

Compartilhar
Guikassio
21/05/2012