Site de Poesias

Menu

SAUDADE BANDIDA

Já era madrugada quando fui me deitar
Lá estava a solidão a me esperar
Deitei seu perfume senti
Nossa cama vazia não consegui dormir

Sua foto na parede aumentava
A saudade que voce deixou
Ouvi a canção que era nossa
E hoje é o meu hino de amor

Não me envergonho de amar assim
mas de tanto tanto te querer as vezes esqueço de mim

não consigo comandar meus pensamentos

Nem tirar voce do pensamento. Me atirem pedras apenas
Quem não sofreu de saudades, vendo seu amor ter fim.

Compartilhar

sentir saudade é muito bom quando somos também saudade de alguem na rede laaaa no meu cantinho /n

ANGELINA R. AFONSO
22/11/2005