Mentiras

Eu vejo o seu rosto pintado em todo lugar

Seguindo meus passos e tirando minha paz

Com os olhos vendados eu tento andar

E não sei, dos lugares por onde andei e não consegui enxergar

 

Eu não quero lembrar dessa mentira

Que tudo foi bom enquanto durou

Pois a cada sorriso eu enganei a mim mesmo

E traí, tudo aquilo em que sempre acreditei

 

Eu esqueci qual é o gosto da sinceridade

Que todo esse tempo deixou para trás

Porque cada palavra sua me matava aos poucos

E no fim, não sobrou nenhum sentimento vivo por você

 

Eu não posso deixar de seguir minha vida

Curando as feridas que você me deixou

Porque eu sei que um dia eu irei te encontrar

E mostrar, que o tempo me fez esquecer de você

Vitório Albuquerque
© Todos os direitos reservados