Site de Poesias

Menu

Apogeu dos Sonhos

No apogeu das paixões, principia a união
Olhares fixos, corpos se tocam no destino
No infinito do tempo quando o amor é brasão
Dos sonhos da vida abençoados pelo divino

No cotidiano das almas, ausente a ficção
Na reta de chegada, em retrato coralino
Faces da juventude acendem a emoção
Dos sorrisos incontidos, um mundo cristalino

Murmurando nas manhãs, um sentido apaixonado
Em abraços e carrinhos, aliança que faz o abrigo
Dos corações da alegria no colorido do caminho

Banhados em prazer, amantes sem pecado
Na beleza dos laços, fantasias que contigo
Eternizamos o amor em nosso ninho

 

Compartilhar
Murilo Celani Servo
31/01/2012