Site de Poesias

Menu

NÃO QUERO NADA DE VOCÊ HOJE!

 Domingo, estamos só nos dois em casa. As crianças saíram. Agora já saem com mais frequência e com mais frequência fico sozinha.
Mas é domingo e você resolve não sair para se encontrar com seus amigos, nem para jogar aquela partidinha de futebol sagrada nos finais de semana.
É domingo e ter essa mudança em seu hábito me deixe inquieta como se eu estivesse planejando alguma coisa mas você resolveu ficar e o meu plano foi por água abaixo. Tudo uma sensação. Sensação de insegurança. O que fazer neste domingo?
É domingo, eu tenho as minhas coisas para fazer. Exatamente quase nada, mas são pequenas coisas que eu gosto de fazer. E ter você por perto borboletando, me observando, fazendo uma hora ou outra uma pergunta, parando para saber o que faço, o que tem para o almoço e tantas outras coisas que me sinto irritada.
Afinal, a maioria das mulheres casadas querem seus maridos em casa nos finais de semana. Eu por minha vez, não quero neste final de semana.
Não quero que fique perguntando se eu prefiro tomar uma cervejinha.
Não quero que fique perguntando se gostaria que víssemos algum filme.
Não quero que me pergunte se quero ir ao shopping.
Não quero nada de você hoje.
Já quis muitas vezes, mas hoje, especialmente hoje, eu só queria ficar comigo mesma. Fazer algo sozinha, assistir um filme sozinha esparramada na cama com um saco de pipoca no meu colo.
Seria legal a dois. Certo? Mas não comigo. As coisas têm de acontecer ao meu tempo.
Quantas vezes eu quis tudo isso e você me disse que não podia. Só não podia. E saía e só voltava tarde da noite.
Não é vingança. Vingança seria eu sair e deixá-lo sozinho. Mas vou ficar em casa, vendo você tentar me agradar e eu te dispensar. Talvez seja uma vingancinha! Talvez queira que você experimente o gosto do almoçar sozinho, querer alguém do teu lado e não ter, arranjar distrações porque está sozinho.
Estarei no quarto. Não entre lá, fica assim estabelecido!
Você terá o seu domingo de paz, fazendo seja lá o que quiser.
Eu terei o meu domingo como sempre foi, fazendo as coisas que me sobraram para fazer.

Compartilhar
katialimma
08/01/2012

  • 2 comentários
  • 88 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados