Site de Poesias

Menu

GIRASSOL

 
GIRASSOL
 
Estou levitando dentro de minha alma,
a minha alma esta extremamente fria,
opaca com um nevoeiro denso, e se
percebe muita tristeza e muita dor.
 
Tristeza e dor, por ter sido esquecido,
por ter sido preterido e muito ferido,
por quem Amo acima de qualquer coisa.
 
Mas dentro da minha alma, vislumbro
bem longe uma luz, e apesar de estar
muito denso, levitar em minha alma.
Tento chegar na luz que vislumbro.
 
A muito custo, depois de passar e sentir
tanta dor e tristeza que é a síntese
da minha alma, cheguei na luz que vi.
 
È um “ Girassol “, que esta no meu
coração, ao lado da punhal que esta
cravado nele, punhal que foi cravado
por quem Amo, como nunca Amei
em toda a minha vida.
 
Mas esse “ Girassol “, foi plantada pela
minha querida filha, meu grande orgulho,
menina de um coração boníssimo,
com grande senso de solidariedade,
onde não cabe nela, arrogância e soberba,
muito pelo contrario, minha grande
amiga que me apoia em tudo, e que
nesse momento sofre comigo, pelo
punhal que esta encravado em meu coração.
 
O punhal, não pode ser tirado por mim
nem por ninguém, só uma pessoa o pode
tirar, mas essa pessoa, encravou o punhal
em meu coração, justamente para esquece – lo,
la, e essa é a razão maior que não haverá
Paz na minha alma, nem Luz em meu
coração, só a luz do “ Girassol “ solidário
que minha querida Filha plantou,
para amenizar a minha dor.
 
 
M.A. Tisi.
 

Compartilhar
Marco Aurelio Tisi
04/12/2011

  • 0 comentários
  • 191 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados
  • Tags: