Site de Poesias

Menu

Cada dia...

 
 
Sinta outra vez a vida em suas veias, não se ausente...
O vento não parou por suas lágrimas, os dias não cessaram,
O sol não deixou de nascer, nem as estrelas de brilhar.
Somente você parou no tempo, estagnada, deixou-se ficar.
 
Morreu para o mundo, para seus sonhos e permaneceu,
Deixou a chama de seu coração – teu guia, se apagar.
Entre as sombras não encontra mais o caminho para voltar.
 
Sentir medo faz parte da vida, é ele que nos faz transpor barreiras,
Junte cada pedacinho que deixou por ai, tente sentir novamente,
Para de se culpar, não se limite - viva cada dia intensamente.

Compartilhar
Marcella Barbosa
03/12/2011

  • 4 comentários
  • 128 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados