Malabarismos

Troco as bolas às vezes,

às vezes não troco...

Engano muito, sou

ilusionista, prestidigitador...


Por isso, mudo às vezes de tom,

inverto as mãos,

troco no rosto a cor.

Não importa:


És sempre a única que

percebe a curva torta dos meus lances,

o erro e o acerto da minha vida,

minhas bravatas,

meu medo...


Pra ti, querida,

meus malabarismos

não têm mais segredo.

Fernando Naxcimento
© Todos os direitos reservados