Site de Poesias

Menu

A DOR

QUANDO A DOR DILECERA MEU CORAÇÃO PELA INSEGURANÇA DAS COISAS DA VIDA E DE NÓS,

MEU PEITO SE ABRE NUMA PROFUNDA FERIDA POSSIVEL SER VISTA ATRAVES DA ALMA.

AI, EU ME PERCO DENTRO DE MIM, DENTRO DO MUNDO EM MIM EM NÓS,
E CHEGOAO MAIS PROFUNDO, ME PROSTRO ALI SEM VIDA SEM FORÇAS, SEM VOCE. 
QUANDO ME VEJO TRISTE SEM CHÃO E SEM EQUILIBRIO, TRABALHO;
QUANDO NÃO POSSO NEGAR A MENTIRA DA MINHA VIDA, TRABALHO;
QUANDO SOU INJUSTIÇADA, TRABALHO;
QUANDO ME CALUNIAM, TRABALHO;
QUANDO ME IGNORAM, TRABALHO;
QUANDO ME TRAEM, TRABALHO;
QUANDO TENHO DORES, TRABALHO;
TRABALHO, TRABALHO, TRABALHO...
ESTOU TRABALHANDO NESTE MOMENTO...
 
SIMPLISMENTE

Compartilhar
Mary
02/07/2011

  • 2 comentários
  • 103 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados