Site de Poesias

Menu

A Volta

Como é voltar?
Voltar de onde?
A alegria de voltar é igual à alegria de nascer.
A alegria de cantar, de estar de bem com a vida.
A vontade de viver nos faz voltar
E voltar nos faz viver
Mesmo que tudo mude
E eu não saiba mais quem sou
A alegria de voltar é a mesma
Digamos um misto de amor e euforia
Com uma dose salgada de loucura
E uma pitada de coerência
Nem sempre podemos seguir esta receita
E nela não podemos adicionar vingança
Tão pouco o ódio, ou a incompreensão.
Vejo pessoas tristes por pouco
E felizes por nada
E não as acho fora de si
Acho até que o ser humano não sente nada na dor
A dor é anestésica, insolúvel e insípida.
A dor derrota a alma e não o corpo
Ela transfere toda a alegria, num simples piscar.
Para dentro de um cofre, e assim.
Aprisiona a alegria
Alimentando a dor como única fonte de vida
Só quem nunca esquece a senha,
E não desfalece, lembra num estalo.
Corre para libertar a alegria
Pode demorar, mas um dia ela volta.
Assim como eu voltei

Compartilhar
Feiticcceeeiiiro
30/10/2005