Aingeal

Aingeal

Onde estão meus sentidos?
Onde está minha direção?
Se minhas mãos estão atadas
Como me erguerei?
Caiu do céu?
Não foi Deus quem expulsou
Nem o Diabo quem carregou.
 
“Estou aqui para lhe trazer salvação.”
 
Da morada de Deus vi
Sua cor de trigo maduro,
Seu cabalo negro fixo nas minhas Ires
E aquele sorriso via láctea
Mais brilha em mim do que em qualquer outra parte.
No voltar dos dias presentes,
Encontrei me amarrado
E aquela garotinha
Com alegria me instigava.
 
“Como chegamos até aqui?”
 
Toda essa distância nos separando
E algo tão forte nos unindo.
Mesmo tão forte e seguro
 O medo não era uma opção.
Medo de perder essa garotinha que me inibe.
 
“Simplesmente deixe-me te ajudar”
 
Antes me guie para casa.
Deixe me ir para o céu
Deixe me voar para o céu da sua boca.
Deixe me voltar para casa
Deixe me descansar em seu coração.
Comigo não há o que temer
Nem fim nem começo.
Veremos nossos frutos correndo com o vento
E nossa união além das fronteiras.
No fundo... Pecados feitos
Serão obscurecidos
Pois ele cobre uma multidão de pecados
Só não desista...
Me leve para casa...
Devolva-me para seu coração... Garotinha linda
Onde anjos sabem mais sobre paixão.

Poema feito para causar intriga. O anjo e a garotinha ou o homem? Qual é a relação entre eles? Se ele não é um nefilim como o anjo veio parar na terra ou nunca saiu do céu? Será que o anjo é um anjo mesmo? APROVEITE! =D

Quarto - Escrevi para a Thaynara Lorrany S2 =) <3