Site de Poesias

Menu

AO SABOR DO VENTO

[Ilustração não carregada]

Nuvens ao sabor do vento
E o sol brilhando apesar...
Libertos estão meus pensamentos
O que me leva a sonhar.
 
Vôo como a borboleta liberta
Sem culpa sem penar
A liberdade em mim desperta
Desejo de outra boca beijar.
 
Vou por outras paragens
Sentindo novas alegrias,
Deixo-me levar nestas viagens
Sem pesadelos só fantasias
 
Não sou sombra, sou realidade,
Tenho um coração que bate no meu peito
Sei que um dia vou sentir saudades
Por ter feito o que quis, viver do meu jeito.
 

Compartilhar

Impossível avaliar o valor da liberdade! A liberdade nos dá o direito de sonhar, de ir e vir, de amar e vivermos à nossa maneira e sem culpa, mas para se ter direito a ela temos que primar pela responsabilidade. Em casa pensando nela a liberdade.

Ubirajara Fernandes
21/10/2011