Site de Poesias

Menu

HISTÓRIA DA CAROCHINHA

[Ilustração não carregada]

Quero-te, te adoro,
Mas do jeito que tu és.
Não te quero coberta de ouro
Porque eu porei o mundo a teus pés.
 
Não modifique tua personalidade,
Quero o teu eu verdadeiro.
Considero-te uma raridade
Por eu ser em tua vida o primeiro.
 
Não te quero minha escrava
E sim exclusivamente minha,
Ouvirás sempre esta palavras:
Tu és a minha amada Rainha!
 
É teu o meu reino de mentirinha
E de verdade muito amor para te dar.
Seremos reis na história da Carochinha
Onde viveremos felizes sem tempo de acabar.

Compartilhar

Esta é uma história que pode ser verdadeira. Em algum lugar que não sei onde, pode estar acontecendo neste momento um amor igual e quiça sejam eles muito felizes. Assistindo um casamento.

Ubirajara Fernandes
10/10/2011