Site de Poesias

Menu

"Pescosso"

Na narina o perfume do seu pescoço
Cheiro que ficaria se sem carne, só o osso
Ainda quero e espero ser teu esboço,
É só pra isso que eu te peço esforço.

O perfume meio esboço do pescoço,
Que pra exalar no osso sem carne
pede esforço.

O esboço do esforço que vai até o osso
E na narina só o cheiro do perfume ficaria,
Porque ainda quero e espero o que peço.

E eu te peço e espero teu esforço
Pois ficaria osso só sem carne
Pra teu cheiro de perfume
Na minha narina.

E eu te quero e me peço meu esforço,
Pra ainda esperar teu cheiro
Que faz da narina só osso sem carne.

Espero ser esboço de tudo teu,
Inclusive, osso.
Porque teu cheiro não é de carne de pescoço.

Compartilhar
Claire Martins
??/??/????

  • 0 comentários
  • 90 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados