Site de Poesias

Menu

FURAÇÃO

 
 
Chegou como um furação
 Balançou , abalou, e tocou meu coração
 
Como matar este sentimento
De forma  devastador
Outrora  uma flor,
 
Que nasceu do brilho do teu olhar
Tenho que rega la e ter paciência
Para não se perder nenhuma pétala
Desta flor de beleza e cor
Com o nome amor

Compartilhar
Gisele Araujo
03/07/2011

  • 0 comentários
  • 38 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados