Saudadiane

Morena foi embora.
Foi ser feliz lá longe,
E o verso que me foge
Ela levou pra lá.

Na vida que ela explora,
Encontra liberdade;
E eu choro de saudade
Até não agüentar...

Eu sinto tanta falta
Que a falta só não mata
Quando eu me tranqüilizo:

-Morena poesia,
De ver sua alegria
Meu pranto vira riso! 

Aniversário da amiga-irmã Ediane. Hoje você me fala "saudade" e eu escuto o nome dela.