Tragédia

Se me faltar a visão

não morrerei pelo simples fato

de não poder mais olhá-lo...

Se me faltarem os braços

Não morrerei por ficar impedida

de poder abraçá-lo....

Se me faltar o falar

não morrerei por não mais poder

te sussurar palavras de amor...


Se me faltar o ouvir

Não morrerei por não mais conseguir

escutar a sua bela voz...

Não importa o que falte no meu corpo

nem por isso lamentarei!

nem sequer morrerei!

Mas se me faltar o seu amor...

Que dor ! Que tragédia !

Ai sim,

morrerei!


Eugênia Morais

Esse poema escrevi quando olhei um dia para o meu amor eterno, meu marido e senti que o pior que poderia acontecer entre nós, seria perder o seu amor...
Algo que nunca aconteceu...
Ficamos eternos...Levaremos nosso amor pro além, onde ainda nos encontraremos.

Salvador/Bahia