Site de Poesias

Menu

Dama dos Itens

Dama dos itens pedidos
 
O item que vos pedi,
Foi desejo que sonhei.
Não é coisa que precise,
Eu sei!
 
Mas agora quero ser,
Na encruzilhada da minha rua,
Abraçada pelos desejos,
De um dia vir a ser tua!.
 
Neste dia de festa,
Com todo o meu calor,
Submissa me confesso,
Credora do meu senhor!
 
Já não sou menina de leite,
Nem de idade enferrujada,
Tenho o selo de quem viveu,
Uma vida bem suada.
 
De vintage sumarenta,
Sou moçoila bem caliente,
E de porte ciente,
Do que quer e do que sente.
 
Daqui para frente prometo,
Ser melhor ainda mais,
E pró ano cá estaremos,
Sonhando ainda mais.
 
Af.
 

 

Compartilhar
Afonso Rocha
07/05/2011