Site de Poesias

Menu

Minha razão

 
Eu queria enxergar o que não posso ver,meu peito não deixa,choro por saber.Você sabe.
Tento me encontrar,entre olhares,um sorriso.
Minha alma chora,desesperadamente grita.
Palavras que vêm do nada e então o que me resta é sofrer.
 
Minha razão,Sinto muito por te perder.
                        Sinto ainda mais por ti querer.
Pois queria voar,e não poder olhar para esses rostos triste,lavados por um só suor.
Verdades que nem acredito. O que me faz pensar Otimismo,sem noção,me faz pensar em dor.
 
Minha razão,Daria tudo pra novamente sentir
                        Aquele frio na barriga,a palavra “TE AMO”
É como se me sentisse dentro de um poço,repleto de lagrimas.
Me sinto vazio,preciso de um amor,alguém mas meu mundo caiu.
O amor me tornou invisível,imagino-me um cemitério de sangue,onde a única saída é VOCÊ. Mas quem é você?
 
Minha razão,jamais terei vida,jamais terei amor. Alias,amor já tive,só não conseguir segurar. Minha mão é espinhos pra uma rosa assim.
 
Então. Faz um favor pra mim. Sinta o que sentir!
VOCÊ EXISTE!
 
 
D2

Compartilhar
Jucyelison
04/05/2011