Site de Poesias

Menu

AMIGO!

 
 
 
Está no secreto da nossa nobreza,
O apreço da nossa gratidão sincera a quem se quer para amigo.
Apreço que aos poucos toma forma dentro de nossas vidas,
E ganha proporções inimagináveis de confiança e bem estar.
Amigo NÃO é um REMENDO novo costurado num tecido velho,
Porque mesmo na adversidade,
Não ofuscara o receptor por interesses escusos,
Rompendo facilmente seus laços.
Nem um similar paliativo do “se” das incertezas.
Amigo é SIM, um lábaro de luz,
Que nos acende como a uma FENIX nos percalços da vida.
A sua amizade é uma cor celestial,
Que nos rubra os gestos, dando vida à confiança.
Confiança é tudo, é a alma da lealdade...
Nau dos momentos extremamente difíceis
Bom combate se torna a luta, se na nossa extensão tem-se um amigo.
O julgo do amigo é suave e o seu fardo é mais leve ainda,
E esta sempre à nossa disposição para as incertezas da vida.
Quando não temos amigo, não temos sombra.
Amigo é mais que irmão de sangue ou coisa parecida,
Porque lhe vemos sempre através dos nossos olhos.
Ele sempre faz falta pela ausência do seu status.
Amigo é assim,
É a essência do que uni a sobra e a luz em nós.
Por isso,
Quem acha um amigo... Acha um tesouro!
 
 
ONPEBA  09 de abril .... sexta Feira.

Compartilhar
onpeba
08/04/2011

  • 1 comentário
  • 48 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados