Dois de Abril.

 Hoje eu acordei feliz
e decidi simplesmente
que o dia seria diferente.
E foi.
 
Decidi que ia fazer
algo de bom.
Mas não fiz.
Mudei de ideia, eu acho.
 
Decidi que ia ouvir
músicas novas,
mas cantei
com os clássicos.
 
Imaginei vários suspensos,
mas preferi o livre,
o solto,
o nu.
 
Quis saber
o demorado,
o inédito,
o engraçado.
 
Fiz o improvável,
o imperdível,
o indesejável.
E foi bom.
 
Muito bom.
Mas me arrependi.
E isso foi melhor.
Muito melhor.

Soraya Costa
© Todos os direitos reservados