Idealizada

Garota dos cachos dourados

És um anjo solto soprando em meus ouvidos a cantiga mais suave

Exalando o cheiro dos lírios

Tens a doçura da pêra

E a embreagadez do vinho

As linhas das belas arquiteturas desenham seus quadris

O fogo estampado nas unhas faísca o vermelho dos raros rubis

Provocam meus anseios seus olhos pingados de mel,

Seu andar feito pássaro que intimida o infinito no céu

Não perdes a inocência quando ama como mulher

Pois criança tens a alma

E cálidos os toques

Que me obrigam a fazer o que ela quer

Criança dengosa, que fascina

Gata manhosa, que domina!