UNIVERSO EM LUTO

 
Hoje o mundo está todo em silêncio.
O sol amanheceu frio, sem luz, sem calor
Pássaros se recusam a deixar seus ninhos
Mãos amorosas não fazem mais carinhos
E o que era alegre transformou-se em dor.
 
Hoje as árvores não balançam ao vento.
As crianças não correm, o rio não percorre
seu trajeto de sempre, que é fluir para o mar.
Quem falava de amor decidiu se calar
e o que outrora nasceu se atrofia e morre.
 
Hoje a vida perdeu seu encanto.
Sorrisos se vão como triste miragem
Flores se fecham para nada enfeitar
e estrela nenhuma se aventura a brilhar
Pois o universo inteiro sente
Em essência e profundamente
Que dois corações não podem mais se amar.
 
 

 

HC
© Todos os direitos reservados