Suicide

 Não encontro forças para lutar
Tudo está perdido.
Não há como continuar
O coração sangra ferido.
 
A dor tornou-se insuportável
Sei que não vou conseguir
É um fim inevitável
Não posso mais impedir.
 
A decisão foi tomada
Não se pode voltar atrás
A alma foi sacrificada
Com dois cortes horizontais.
 
Apenas a lembrança restará
De uma alma sofrida...
Algum dia alguém se lembrará
Dessa vida perdida.

Ritinha
© Todos os direitos reservados