Final Infeliz

 O tormento eterno me espera
Clama pela alma imunda
Um coração que se desespera
E em sua angustia se afunda.
 
Um corpo pela agonia marcado
Sangue ainda derramado no chão
Colherá o fruto do pecado
Da doce tentação
 
Alma que afunda em descrença
Sofre pela ferida já cicatrizada
Afunda na triste doença
Que é estar apaixonada.
 
A dor foi tão grande que não aguentou
Fez um corte e partiu desse mundo
Em silêncio se despediu do único que amou
E se foi caindo fundo...

Ritinha
© Todos os direitos reservados