Site de Poesias

Menu

Chave

   Estou perdido em todos os lugares

   Tentando me achar se ainda deste lado

   Sem o meu pensamento muito pesado

   Tão pesado que nunca alcança os ares

   Dos mais simples aos mais altos altares

   Onde dedico buscar qualquer passado

   Que te lembre em qualquer céu iluminado

   E que me perdoe agora apesar dos pesares

   Porque saí da tua vida querendo vida

   Nunca saberia que a vida é somente não

   Agora, distante de ti, subo a descida

   Caio, subindo esta imensa imensidão

   Se antes, fugir de ti era saída

   Agora, fugir é fugir do próprio coração.       

Compartilhar
Marcusvinicius
02/03/2011

  • 0 comentários
  • 307 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados