Site de Poesias

Menu

Menina

[Ilustração não carregada]

Menina que nunca amou
Que nunca sentiu 
O calor de alguém.

Sua boca é pequena
Sua vida é serena
Tão pura é a menina
Teu amor ainda vem.

Menina que nunca beijou
Nunca olhou, que nunca deixou
Se levar pelo amor
Pelo amor de alguém.

Tanta coisa essa menina esquece
Que um dia ainda ela cresce
E as vezes desobedece
E por sorte a vida oferece
E terás o amor que merece.

Enquanto a vida te ensina
Menina, seja sempre menina.

Compartilhar
Clébio Carvalho
01/03/2011