Site de Poesias

Menu

MIRANTE

Não entendo o porquê

No meio do caminho aparece você!

Jamais poderia imaginar um dia...

De seu "castelo inacessível"

Eu esperei tanto por isto

Mas custou a enxergar

As fantasias que usei um dia

Pereceram com a minha poesia

Já não há mais passos de dança

Não sou mais aquela criança

Não te faço composições

Não sei se sinto raiva, ódio ou pena

Quanto mais te olho, menos vejo

Daqui de cima sinto uma alma tão vazia

E lá se vai o meu desejo

Pela sua vida pequena

Neste mundo enorme que pretendo conhecer

Eu fico aqui boqueaberta

Não existe espaço para você

 

 

 

 

 

Compartilhar
KARLA SKARINE
25/02/2011

  • 0 comentários
  • 60 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados