Site de Poesias

Menu

tempo

 
Todo esse tempo parado
Buscando uma solução
Sou um simples aprendiz
O tempo não para não
No mundo tudo se move
Comove meu coração
Que bate dentro do peito
Por uma grande paixão
E este simples aprendiz
Que chora, mas com razão.
Só quer que o tempo pare
Ao conquistar sua paixão

Compartilhar
Leandro marques
07/02/2011

  • 1 comentário
  • 101 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados