Site de Poesias

Menu

Montanhas

                                       Quantas vezes aparecerá para mim?
                                       Quantas vezes amar será um sufocar?
                                       De lamento revés outrora de desar
                                       se eu pergunto sempre já dizendo sim
 
                                       Seria vontade cair num fundo fim,
                                       Esquecendo distância imensa provar
                                       Qu’eu sinto por ti uma vontade singular
                                       A de sentir tal alva pele com cetim
 
                                       Mas o grão será sempre uma montanha
                                       Então o destino será sempre escalar
                                       Infinitos grãos distância tamanha
 
                                       Até sentir o que explode nesse lugar
                                       Um sentimento que vem, deseja e ganha
                                       Meu coração sempre sonhando te sonhar.

                                              www.principecapitao.wordpress.com ou www.captainprince.wordpress.com

Compartilhar
Marcusvinicius
20/01/2011

  • 1 comentário
  • 362 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados