Site de Poesias

Menu

BAÚ DA MINHA EXISTÊNCIA

[Ilustração não carregada]

Se eu não sofresse a dor da saudade,
Sentiria-me da vida um deserdado.
Teria pela frente uma dura realidade
De não ter na minha existência um passado.
 
O futuro ainda não me pertence,
O presente anda comigo de braço dado.
O passado só tem quem ao tempo vence
E eu não sou um derrotado.
 
No baú da minha existência,
Não tem um cantinho vazio
Todo ele está cheio de reminiscência,
Por isso, meu passado não é sombrio..
 
Feliz de quem têm lembranças,
De quem é rico em recordação.
Com elas se mantém viva a esperança
De não ter um baú cheio só de solidão!

Compartilhar

Quem não tem lembranças? Quem não se recorda do que já viveu? Todos nós temos um passado do qual não podemos fugir é ele que nos leva ao remorso, que nos leva a refletir nossos atos. Do passado tiramos lições de vivência para termos um presente mais suave e planejarmos um futuro promissor. O futuro é o reflexo do passado. Manhã de verão promessa de um dia escaldante.

Ubirajara Fernandes
10/01/2011