Site de Poesias

Menu

Jura

Embora não estejamos mais juntos

Só  queria que soubesse

De uma coisa , que há muito,

guardo.

 

 

Talvez nem leia essa poesia,

ou quem sabe, uma declaração

talvez esteja fazendo coisas

bem mais interessantes.

 

]

Quem sabe, talvez até

tenha me esquecido,

como se tudo o que vivemos,

fosse um mero, relance.

 

Mas  a coisa que eu escrevo,

é o que você , talvez, nem saiba.

Eu te amo demais e isso é pra sempre.

 

Quando ando nas ruas,

procuro desesperadamente por você

Olho cada ônibus, trem

Esperando que você passe.

 

As vezes, cansada,

fecho meus olhos e me vem sua lembrança]

Como eu era feliz, mas por querer mais,

Deixei você , parti.

 

Sei que, te machuquei demais...

Embora também o tenha feito

No empate do amor, na dor...

Aqui estamos ,nós.

 

Um ano , me distancio

Querendo tê-lo cada vez mais perto.

Relembrando a minha felicidade contigo,

Como eu era feliz e não sabia.

 

 

Compartilhar
Luzyeny Sintz
30/12/2010

  • 1 comentário
  • 141 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados