Site de Poesias

Menu

Como? Por que?

Como posso ter amado?
Como posso ter rezado?
Como fui besta em temer
Como eu era um idiota perto de você
Como posso ter mentido?
Por que foi que eu não tentei?
Por que razão acreditei?
Por que tive esperança?
Por que não posso entrar na dança?
Por que tudo é sempre a mesma coisa?
Por que eu nunca tive escolha?
Mas por que eu ainda continuo a escrever?

Compartilhar
Luiz Von Souz
23/08/2005