Site de Poesias

Menu

Pra que lutar? Soneto.

Há dias que nem sei mesmo explicar
Porque tenho tanta vontade de chorar.
E esta tristeza que comprime então,
A cada fibra do meu pobre coração.
 
Pensamentos vêm loucos povoar,
A minha fértil e aguçada imaginação.
Desejo de fugir e não mais voltar,
Sufocando na alma esta revolução.
 
Tal qual um mar bravio, encapelado,
Sinto nas veias meu sangue agitado,
E todo o meu ser se revolta em vão.
 
- Pra que lutar?- se a luta é tão desigual.
Curvo-me então vencido para o chão,
Vendo o bem sendo sucumbido pelo mal.

Compartilhar

...Nada pessoal, apenas uma constatação.
da vil realidade que nos cerca...

Obrigado pelo carinho da vista ao sair deixe um comentário ou uma simples critica.

Jose Aparecido Botacini
02/11/2010

  • 7 comentários
  • 353 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados