Site de Poesias

Menu

Amor de cinema.

[Ilustração não carregada]

Quando entrei na sua vida
Você se apaixonou por mim,
Vi uma cena de cinema,
Quando você chorava por mim.
Não prometa o que não se pode dar,
Mas, se importe com o que tenho a dizer,
Você tem um jeito diferente de amar,
Não sei mais que tipo de amor quer viver.
 
Não foi este o amor que sonhei,
Quando por você me apaixonei,
Deixe este momento falar por nos dois,
Porque amanhã, poderá ser tarde de mais.
Para que você não venha a se arrepender,
Todo o amor que eu tenho, é o que você poderá ter.
 
Tente ouvir a voz do seu coração,
Não brinque com ele feito criança.
Amor de cinema só personifica a paixão,
E acaba ao fim de cada seção.
Amor verdadeiro só no corpo a corpo se faz,
Vamos ser atores da nossa própria produção,
No escurinho do cinema vamos nos entregar
De corpo, alma e coração.

Compartilhar

Obrigado pelo carinho da visita ao sair deixe um comentário ou uma simples critica.

Jose Aparecido Botacini
28/10/2010

  • 6 comentários
  • 449 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados