Site de Poesias

Menu

Aos Professores

 Querido professor,

Não desanime, vá avante,


Da humanidade é luz do esplendor,


É sol que brilha em terra exuberante,


Estrada iluminada,


Luzeiro de escuras madrugadas!


 


Sem você, a sociedade esmorece,


A criança perde seu futuro,


Você é, de todos, a mais bela prece,


O sonho que surge prematuro,


A fé que a esperança carece,


O brilho que nunca desaparece.


 


Embora pouco reconhecido,


E, pouco prestígio alcança,


Com Jesus é parecido;


Seu devotamento, transpassado de lança,


Tem como maior recompensa,


A luta, para que seu aluno vença.


 


Assemelha-se ao pesado arado,


Que remove a terra, prepara o plantio,


Joga-se o grão adubado,


Que vencerá o inverno e o estio,


Com a chuva, a colheita é abundante,


A terra sorri em seu veludo verdejante!


 


Você, professor, vai além,


Prepara, aduba, planta, conquista,


Trata da semente como ninguém,


Da mente e da alma é um especialista;


Você é o amanhã de suave brisa,


O construtor, que a sociedade mobiliza ou paralisa!
 
 
(Capítulo do Livro Prática Pedagógica, escrito por Izabel Sadalla Grispino)

Baixe gratuitamente o livro Prática Pedagógica, de Izabel Sadalla Grispino, um grande auxílio ao estudante e professor! www.izabelsadallagrispino.com.br


 

Compartilhar
grispino
15/09/2010