Site de Poesias

Menu

Vai agora não olhes para tras

Infiel foste 
traíste a minha amizade pura 
traíste o meu corpo
a minha alma o meu amor
não és de todo 
a minha alma gémea
és apenas alguém que 
passou por mim usando
e fazendo o que seria certo
deste me a ilusão não o amor
pretendido
vais te agora do meu caminho
e não olho para trás
pois não te quero ver as lágrimas falsas
nem quero mais o teu sorriso traidor
nem mais promessas
nem mais mentiras
chega de tudo e nada
o nada foi o que me deste
pois o tudo era pura ilusão
não tens o valor 
não tens os princípios
não tens a moral
deixaste me há deriva
mas o meu barco 
já levou muito rombo
é forte jamais se afundará
e tu apenas uma coisa que tentou
e tentou
tanta tentativa falhada
vai te agora do meu coração
vai te do meu pensamento
para sempre 
pois o meu para sempre era verdadeiro

Compartilhar
sherazade
12/09/2010