Site de Poesias

Menu

Sabiá

Embora eu saiba que nada sou
Apesar de saber assobiar
E de subir aos sábados
Sob o sol do meio dia
A ladeira que leva à tua casa,
Sinto no meu sigiloso sofrimento
Que a sílaba por que chamas meu nome
Me veste de significados
E me traz a sublimidade de que preciso
Para saber o som que te contenta,
O que não me faz mais sábio (tampouco mais sóbrio),
Mas seguramente muito mais feliz.

Compartilhar
Thalita
10/09/2010

  • 0 comentários
  • 33 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados