Site de Poesias

Menu

Meu felino dengoso

[Ilustração não carregada]

Meu gato pardo de olhos claros
meu animal sensual, vaidoso
felino dengoso, feromônio, testosterona
me atiça com teu rompante perfume
me arranha, me lambe, me assume
Revelo-me do outro lado do muro
onde você se esconde pra me fantasiar
e me tomar como tua fêmea experiente
tua garota mimada, tua boneca inflável
Sou teu mistério, tua onça atraente
sou adepta do teu tesão,
sou mesmo tua beata mais crente
o perigo maior e mais iminente
Meu gato moreno de olhos claros
desliza flexível pelos vãos
mia sedento pelos jardins e praças,
colhe o feitiço da lua e segue
mas depois, não nos prive não,
volta ...

Compartilhar

Da série "Poesias de Mel e Fel"
Obrigada por me ler. Felicidades

Elisa Gasparini
10/09/2010

  • 11 comentários
  • 482 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados