Site de Poesias

Menu

FOME?? QUE FOME???

[Ilustração não carregada]

Você aí, sabe o que é fome? E por que eu sinto fome?
Alguma vez em sua vida você já sentiu fome? Que fome?
Eu tenho fome... e sinto muita fome,
Vou te dizer o que é, e o que significa sentir fome.
Eu sinto a fome que me dá fraqueza, que é a fome de pão,
Também sinto muita fome de beleza, que me traz indignação.
Pra acalmar minha fome não depende de panelas,
Mas dividir as riquezas sem a existência de favelas.
Triste é adormecer com fome, e com fome acordar,
Humilhante é sentir a fome, de estudar e de brincar.
Quero que saiba que a fome que mais me humilha,
È a insaciável fome de poder um dia ter minha família.
A minha fome de pão muitas vezes eu á saciei,
Mas a outra fome que sinto, esta eu nunca findei.
Quero oportunidade para freqüentar a escola,
E acabar com a minha fome de viver na rua pedindo esmola.
Também tenho fome de ter uma casa descente,
E tomar um banho no chuveiro de água quente.
Sinto fome de usar roupas e calçados da moda,
Também um dia poder passear de quatro rodas.
Quero parar de matar minha fome com a fome de cola para cheirar,
E saciar a fome de ter uma cama para toda a noite me deitar.
Sinto fome de ter colegas e amigos,
Ao invés de estar fugindo dos perigos.
Tenho fome de ser criança e poder sonhar,
Em ser adulto e dignamente trabalhar.
Tenho fome também, da tecnologia desfrutar,
E não fazer da calçada fria diariamente o meu lar.
Pra matar a fome, me alimento de restos do lixo,
E sou maltratado pior de qualquer outro bicho.
Sinto fome de justiça e igualdade ,
Onde poderemos viver livres em sociedade.
Tenho fome de cada latifúndio tornar-los assentamentos,
E matar a minha fome tirando da terra sustento.
Tenho fome da natureza poder preservar,
E com todos os exploradores do mundo eliminar.
A minha fome é que o ser humano esteja em primeiro lugar,
E com as guerras em função do capital acabar.
Tenho fome de prevalecer o bem sobre o mal,
E as minhas fomes serão saciadas quando houver justiça social.
Minha maior fome é ver todos os seres da humanidade,
Serem um dia tratados, com a mesma dignidade.
Você, que também sente qualquer tipo de fome que dói,
Até quando vai aceitar que esta fome que te destrói?
Não deixe que qualquer fome um dia te consome,
Pois todas elas são maldades influenciadas pelos homens.
Vamos juntos construí um mundo onde todos comem,
E satisfeitos gritamos, para sempre erradicamos toda e qualquer fome.
 
Clairton Buffonhttp://poetadaterra.blogspot.com/
Chapecó, 07 de Dezembro de 2006

Compartilhar
Poetadaterra: Semente Plantada Libertando a Terra Conquistada!!!
24/08/2010

  • 9 comentários
  • 203 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados