Site de Poesias

Menu

Comentários da Poesia "Chega de tecnologia"

de Cid Rodrigues Rubelita

Gostaria de deixar seu comentário?

Comentários

ATENÇÃO: Os comentários aqui registrados não representam a opinião da equipe do Site de Poesias, nem mesmo recebem o seu aval. A responsabilidade pelo conteúdo dos comentários é inteiramente do autor dos mesmos. Ao poeta é reservado o direito de remover os comentários de seus poemas, quando achar por bem fazê-lo.

Que espaço o mundo virtual anda ocupando em sua vida?
Para Cid Rodrigues Rubelita, a comodidade frente ao insensível monitor consome o improviso e a magia.
Célia de Lima
24/01/2005


...depois da invenção deste telégrafo moderno, as pessoas ficaram reféns de seus restritos mundos, comunicando-se com economias de palavras e perdendo o calor, o cheiro e as sensações de se estar junto...inteligente, reflexivo e poético texto, parabéns !!!

oi,gostaria que vocês enviassem p/ o meu e-mail os poemas:chega de tecnologia e meu raio de sol de fernando pessoa.
maria de fatima alves patricio

25/08/2009

A tecnologia, pode ser um mal humano quando damos a expressão de vida a ela. A partir do momento que a confundimos com algo essencial e humano, deixamos de viver para nos entregarmos a ela, o que se torna vicioso, sedentário, sem falar nos milhares de empregos perdidos, só para manterem o senhores da guerra, poucos, no topo da escala, num espacinho pouco acima da pirâmide das espécies, porque eles já não são seres humanos, são "Deuses".
Se a tecnologia tem tanto potencial pelos seres humanos, como doidos, é o que não falta. Um dia poderemos vivenciar o que relata o filme, Terminator.
Rodrigo Ferreira Santos

19/03/2005

Não concordo , a tecnologia estreita as relações entre as pessoas e a falta de amor , afeto acompanha nós seres humanos desde de sua origem . Muito antes dos computadores e a internet.

Raphael Ribeiro

18/03/2005

Oi, quero dizer á vc q suas poesias são muito lindas, gostei muito,
elas são muto inspiradoras.
Você merece tudo de bom, um abraço e continue escrevendo assim, com
o coração.
Beijos!
Bruna Thaís

17/03/2005

Muito bonita a poesia, achei muito inteligente e, é verdade que a tecnologia substitui muitos corações, mas foi graças a ela, que pude apreciar essa sua bela poesia, portanto, temos dois pólos que ao mesmo tempo um nos afasta das pessoas nos isolando de tudo, e outro que faz com que nós possamos conversar com pessoas do mundo todo, embora nada substitua a voz, o rosto, o carinho, e a atenção de outra pessoa. Se pudesse, me mandar um e-mail, você, Cid, principalmente, mas também qualquer outra pessoa que entre neste site, pois somente pessoas boas e competentes vêem e comentam. Abraço para todos, e aplausos para você Cid, parabéns, Lucas.
Lucas Seabra de Faria

15/03/2005

parabéns !!!!
muito legal , concordo um mundo está muito está virando "tecnologia" .
máquinas , que precisam de energia , para funcionar . que não tem coração mas estão substituindo quem tem .
toni

06/03/2005

Criatividade e sinceridade fazem de um texto pequeno um grande texto. Excelente.
Fábio Pedroto

20/02/2005

Voltar à poesia