Site de Poesias

Menu

DEVANEIO

[Ilustração não carregada]

Velas ao vento...
Mar bravio...
No cantar um lamento...
Um destino sombrio...
 
Uma cela, um condenado...
Penas a cumprir...
Um amor desprezado...
É pecado mentir...
 
Dar o que de mim?
Adianta me esconder?
O destino sabe tudo de mim,
Até o dia que vou morrer.
 
 

Compartilhar

É bom devanear um pouco é como se fosse uma viajem por terras desconhecidas. Vendo a chuva cair sobre terra.

Ubirajara Fernandes
16/08/2010