Site de Poesias

Menu

O Vermelho do Amor

[Ilustração não carregada]

 

Musa dos sonhos mais íntimos.
Mulher a guardar o sorriso de menina.
Desorganiza as ideias
para depois reordená-las 
na inspiração da poesia.
Jogo de sedução, 
desafiando o calor do seu olhar 
para ganhar seu colo
para nele, aconchegado
como que nau solitária 
a vagar em mar particular,
velejar tranquilo por ventos 
que não são nem tempestades, 
nem calmarias,
mas apenas suave calor 
que impulsiona o movimento.
Talvez roube um sorriso de sua boca, 
tocando seus lábios. 
Ali estará perto dos olhos, 
o misterioso olhar feminino, 
prometendo calma e fúria.
Descobrirá pupilas dilatadas, 
desejará mergulhar 
no mistério atraente daquele ser.
Misturará realidade e fantasia, 
sonhos românticos mesclados a cotidiano real.
O homem será menino, 
como todos o são quando seduzidos
pelos encantos feminis.
Em meio à sensualidade 
haverá algo de pudor.
Aventureiros a vencer trilha 
de uma floresta cheia de encantos,
desvendando caminhos 
por onde vagam a paixão e o amor.
Não haverá mera admiração mútua, 
muito mais a reciprocidade da confissão.
E do toque afetivo e sensualizado
há de nascer o carinho 
pela intimidade de cada um.

 

Compartilhar

Se desejar ouvir o áudio: http://recantodasletras.u...


03/08/2010