Site de Poesias

Menu

"O Tempo eo Vento"

[Ilustração não carregada]


 
 O tempo caminha normalmente
Indiferente aos olhares azedos do mundo
Alguns o admiram e acariciam suas feridas com orgulho
Outros querem voltar ao passado e fazer o contrário
de seus insatisfeitos percursos...
Não param pra pensar nas dádivas de seus frutos
Criticam seus passos e nem sabem que
suas dores são diamantes futuros, e a vida
essência de seus indecifráveis perfumes...
Enquanto isso, contiNua o brilho do vento
Que raDiante passa atráves do espelho
Joga-se com toda suavidade no útero agradável,
Do corpo fechado, empregnado de seu próprio cheiro*
..ritos de morte ou sorte - ( breve) diluidos em desejos...
Formando um coração de oceano, poderoso, imenso...
CONTUDO, anda pela estrada da vida, sempre de volta ao começo
Mergulhado na felicidade dentro de si mesmo,
Feito chama imortal, o ráio de sol mais fascinante de todos os tempos!


 

   S.S.

Xama

 

 

Compartilhar
Xama
01/08/2010