Fui levar a morte a casa

Fui levar a morte a casa,
que em vida andara perdida,
no caminho ia na brasa
para a paz já merecida!

Coitada da morte,
que teve vida atroz,
só depois de chegar a casa
teve a sorte de ter vida sossegada
e ser lembrada dentro de nós!
...........xxxxxxxxxx..................
Autor: Silvino Taveira Machado Figueiredo
Gondomar

Silvino Taveira Machado Figueiredo
© Todos os direitos reservados